Vacina Meningocócica ACWY

Prevenção:

Previne as meningites e as doenças meningocócicas causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y. Meningite meningocócica é uma forma grave de meningite bacteriana, altamente contagiosa, causada pela bactéria Neisseria meningitidis, também conhecida como meningococo.

É uma vacina inativada, que contém antígenos formados por componentes das cápsulas das bactérias (oligossacarídeos) dos sorogrupos A, C, W e Y conjugados a uma proteína que, dependendo do fabricante, pode ser o toxoide tetânico ou o mutante atóxico da toxina diftérica, chamado CRM-197. Pode conter também sacarose; trometamol; fosfato de potássio diidrogenado; sacarose; cloreto de sódio; fosfato de sódio diidrogenado monoidratado; fosfato dissódico hidrogenado diidratado; cloreto de sódio e água para injeção.

Indicações:

- Rotina: crianças e adolescentes

- Adultos e idosos, dependendo da situação epidemiológica.

- Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.

- Para pessoas de qualquer idade com doenças que aumentem o risco para a doença meningocócica

Doses:

- Crianças: deve iniciar aos 3 meses de idade. Aplicar 2 ou 3 doses no primeiro ano de vida (dependendo da vacina utilizada), e reforços aos 12 meses, 5 e 11 anos de idade.

- Adolescentes, não vacinados anteriormente: aplicar 2 doses (intervalo de 5 anos).

- Adultos: dose única.

Contraindicação:

Pessoas com histórico de anafilaxia após o uso de algum componente da vacina ou após dose anterior.

Eventos adversos:

- Mais comuns (até 10%): Inchaço, endurecimento, dor e vermelhidão no local da aplicação, perda de apetite, irritabilidade, sonolência, dor de cabeça, febre, calafrios, cansaço, e dor muscular.

- Sintomas gastrintestinais (diarreia, vômito e náusea), hematoma grande no local da aplicação, erupções na pele e dor nas articulações são menos frequentes (1-10%).

- Raros (< 1%): Insônia, choro persistente, sensibilidade diminuída da pele no local da aplicação, vertigem, coceira, dor muscular, dor nas mãos e pés e mal-estar são muito raros.

- As reações tendem a desaparecer em até 72 horas.