Conheça o exame anti-mulleriano e a importância o hormônio na avaliação da fertilidade feminina

Conheça o exame anti-mulleriano e a importância o hormônio na avaliação da fertilidade feminina


Dra. Nilka Donadio 

Conheça o exame anti-mulleriano e descubra como esse exame pode auxiliar na obtenção de informações sobre sua fertilidade.
 

agendamento de exames e consultas

 

O que é o hormônio Anti-Mulleriano?

O hormônio Anti-Mulleriano é um hormônio produzido pelas células do ovário, responsável por regular o desenvolvimento e o crescimento dos folículos (estruturas que contém o óvulo no seu interior).

Para que serve o exame Anti-Mulleriano?

O exame Anti-Mulleriano tem a função de analisar a reserva ovariana da mulher a partir de uma coleta de sangue, oferecendo uma estimativa da quantidade de óvulos que a mulher ainda possui. A mulher nasce com todos os seus óvulos, e mensalmente ela vai gastando quantidades variáveis, apesar de somente um ou dois acabarem realmente sendo liberados na ovulação. Cirurgias e certas doenças podem acelerar a diminuição da reserva ovariana. Quando a quantidade de óvulos fica muito baixa, a mulher entra na menopausa.

Qual a relação do hormônio Anti-Mulleriano com a infertilidade feminina?

O AMH indica quantidade de óvulos, e não obrigatoriamente qualidade. Ter o AMH baixo não indica que a mulher não possa mais engravidar, somente significa que a quantidade de óvulos é pequena, e por esse motivo, se a mulher quiser filhos, não há tempo a perder, ela deve procurar auxilio de seu médico. Na eventualidade do médico ter que estimular os ovários em ciclos de inseminação ou fertilização in vitro, nestes casos, os ovários terão mais dificuldade em responderem aos medicamentos e muitas vezes irão maturar menor quantidade de óvulos do que o esperado.

Como é feito o exame anti-mulleriano?

Pré-requisitos e preparo

Não há pré-requisitos para fazer esse exame, visto que o hormônio anti-mulleriano não é alterado durante o ciclo menstrual. Além disso, não é necessário o jejum para realizar a coleta.

Contraindicações

O exame não possui contraindicações. 

Tempo de duração

O exame de sangue pode variar de 5 a 10 minutos para ser coletado.

Periodicidade do exame

A periodicidade deve ser recomendada por um médico especialista, que analisará cada caso individualmente. 
 

Possíveis resultados do exame

O resultado deste exame deve ser interpretado pelo médico em associação com outros fatores que interferem na reserva ovariana, como a idade da mulher na época da coleta.

  • AMH> 4,0 ng/ml: resposta muito alta
  • AMH entre 2,0 e 4,0 ng/ml: resposta alta;
  • AMH entre 1,0 e 2,0 ng/ml: resposta média;
  • AMH entre 0,16 e 1,0 ng/ml: resposta baixa;
  • AMH < 0,16 ng/ml: resposta muito baixa.

Habitualmente se considera o valor de 1,0mg/mL o limite entre reserva ovariana normal ou alterada.

Onde fazer o exame anti-mulleriano em São Paulo?

O laboratório Salomão Zoppi preza pela excelência e segurança na realização dos exames e no bem-estar dos nossos pacientes. O exame Anti-Mülleriano pode ser feito em nossas unidades, encontre a mais próxima de você e já faça seu  agendamento online.

 

consulta online, agendamento e resultados de exames